5 motivos para escolher uma Inversora de solda TIG ao invés de uma inversora de solda Eletrodo

As duas máquinas são capazes de realizar soldas nos dois processos com bom rendimento. Mas quando se trata especificamente do processo TIG, mesmo tendo a mesma corrente e arco, uma inversora de solda eletrodo não está totalmente preparada para o processo TIG, mesmo que possa realizá-lo.
Vamos mostrar a você algumas diferenças que vão te ajudar a definir qual equipamento adquirir na hora de soldar TIG.

1 – Já vem com tocha TIG
Para a inversora de solda Eletrodo realizar o processo de solda TIG, é necessário adquirir uma tocha TIG com um registro de acionamento manual do gás (Tocha Seca). Se adicionarmos o preço da Tocha TIG Seca ao valor da Inversora de solda Eletrodo, percebe-se que o investimento fica muito próximo ou, em alguns casos, até maior que o de uma inversora TIG.
Ao comprar uma Inversora de solda TIG Weld Vision, você já recebe uma tocha TIG com gatilho de acionamento.

2 – Tem controle automático de gás
Uma tocha seca, tem o controle manual do gás de proteção. Por esse motivo, caso não seja fechado antes ou após o uso, pode ocasionar o vazamento do gás de proteção, que tem um custo elevado. Já numa inversora TIG, o controle do gás é feito diretamente no gatilho da tocha. O equipamento controla a abertura e fechamento do gás através de válvula solenoide, ativada ao apertar ou soltar o gatilho da tocha. Uma inversora de solda TIG também contém o sistema de pré-fluxo e pós-fluxo de gás, para garantir a proteção no início e no fim do cordão de solda. Numa inversora Eletrodo, esse processo pode ser feito, mas apenas manualmente, porém com o risco de deixar a tocha aberta desperdiçando gás.

3 – Tem acionamento por alta frequência
Uma inversora de solda TIG com alta frequência inicia o processo de soldagem sem a necessidade de tocar o eletrodo de tungstênio na peça. O equipamento envia uma corrente de energia extra na hora de abrir o arco de solda, preservando os consumíveis. Para fazer o acionamento da tocha TIG utilizando uma inversora de solda Eletrodo, deve-se riscar o eletrodo de tungstênio na peça de trabalho. Esse procedimento pode ocasionar um desgaste prematuro nos consumíveis e gerar custos desnecessários.

4 – Abertura de arco com amperagem baixa e estável
Uma inversora TIG é capaz de abrir o arco em correntes abaixo de 10A e mantê-lo aberto com estabilidade. Isso é ideal para soldagens em chapas finas. Com uma Inversora Eletrodo, a abertura do arco em TIG acontece em média a partir de 40A, permitindo apenas a soldagem em chapas mais espessas, a partir de 3 mm, em média.

5 – Muito mais recursos por um preço acessível
Se você precisa comprar uma inversora para soldar TIG, escolha um equipamento desenvolvido especialmente para este processo. Você poderá obter um resultado muito melhor, acrescentando mais qualidade e rendimento ao seu trabalho. E o mais importante: sem precisar pagar muito mais caro por isso.
___________________________________________________________21__________________________________
Escolha hoje sua inversora de solda TIG Weld Vision!

Marcado com
0